21.6.11

Quanta bobagem

É estranho olhar ao redor e ver tudo em constante mudança.
Nunca gostei dessas mudanças, sempre preferi tudo na mesma mesmisse.
O branco podia ser branco e não branco neve, branco creme, branco nata...
Gostar não precisava de tantos motivos, tantos motivos que...tsc...nem sei se gosto mais.
As pessoas tinham atitudes simples, pensavam no coletivo, no bem de todos...mas com tantas mudanças, parece que vale mais a pena pensar no eu, no eu quero, no eu quero e vou, no eu quero e vou fazer, no eu quero e vou fazer foda-se, no eu quero e vou fazer foda-se você, no eu quero e vou fazer foda-se você e o mundo...o mundo todo.
Parece que cada canto que olho é esse sentimento e pensamento que exala, e eu fico cada vez mais na mesmisse, na idéia que o bom é o bom pra todo mundo...mas com todas mudanças acontecendo não sei, não se o mundo que mudou ou eu que mudei.
Não sei.
Não sei se eles que não pensam mais ou eu que penso demais.
Não sei.
Não sei.